Produtores de milho estão preocupados com as altas temperaturas

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As altas temperaturas em boa parte do Brasil aguçou a preocupação de produtores, porque a maior parte das lavouras está na fase considerada crítica de formação de espigas e grãos.

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), nos últimos dias, agentes do mercado de milho estiveram atentos às condições climáticas.

Em se tratando das exportações de milho, na semana passada foram confirmados os recordes de novembro. Tanto o volume quanto a receita mensal – superou US$ 1 bilhão – foram os maiores da história. De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), em novembro foram embarcadas 3,91 milhões de toneladas de milho.

Em 2012, já foram exportadas expressivas 17 milhões de toneladas de milho brasileiro, das quais 15,2 milhões somente nos últimos cinco meses. O preço médio de exportação em novembro foi de US$ 273,15 por tonelada, o maior desde maio.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados