Reabertura do frigorífico Uruguaio em Minas Gerais após surto de mormo

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Depois do fechamento em setembro de 2011, após focos da doença de mormo serem detectados no Parque de Exposições de Araguari (triângulo mineiro), o frigorífico Prosperidad S.A., do Uruguai reabrirá até junho.  No frigorífico é feito aproximadamente o abate de mil cavalos por dia, e a produção é destinada a países europeus, principalmente Bélgica e Holanda, além de África do Sul e Japão. O fechamento se deu porque, pelas normas da União Europeia, não é permitido focos da doença a menos de 10 km do local do abate. Agora com o controle da situação a empresa reabrirá, com a autorização da prefeitura de Araguari e além dos 130 funcionários que serão recontratados deverá abrir vagas para mais empregados.

Além de atingir os equinos, o mormo doença infectocontagiosa, também pode atingir cães, gatos e até mesmo o homem. Em 2011, em Araguari, foram sacrificados dois cavalos infeccionados e cerca de cem animais ficaram em confinamento.

Depois de vistoria realizada pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), o Parque de Exposições foi liberado a cerca de três meses. O frigorífico solicitou vistoria e aguarda a reabertura para retornar o abate não apenas de cavalo, como também de mulas, burros, jumentos, entre outros animais.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 12 de março de 2013

Artigos Relacionados