Como reduzir custos na irrigação: 5 dicas para economizar

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
reduzir custos na irrigação

Tornar a irrigação mais efetiva de modo a gastar menos é fundamental para garantir economia. Produtores rurais, pecuaristas, técnicos e agrônomos precisam reduzir custos na irrigação para ter maior lucratividade e uma boa produção.

O primeiro passo, contudo, é entender os custos, que podem ser altos, mas, com ações assertivas, torna-se possível reduzi-los. Atualmente, há regulamentações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) voltadas para taxação do consumo em propriedades rurais no Brasil. Por isso, o investimento correto e planejado auxiliará na produção de sua propriedade e economizará água, recurso que deve ser poupado e cuidado. Confira!

Dicas para reduzir custo na irrigação

Separamos cinco instruções para você reduzir custos na irrigação de forma organizada e eficaz. Ao colocar em prática, a produtividade e os lucros aumentarão, assim como reduzirá o consumo.

Manutenção do sistema

Fazer a revisão periódica do sistema de irrigação é fundamental para evitar perdas e gastos extras. Por isso, cheque se a água que está estipulada no sistema corresponde à quantidade que está sendo despejada na plantação. Verifique a existência de vazamentos e danos aos equipamentos. 

Opte por sistema com custo-benefício

Os sistemas de irrigação possuem custos diversos de implantação. Por isso, uma das formas de reduzir os custos da irrigação é entender a sua demanda, o tamanho da sua propriedade e as caraterísticas da cultura. Dessa forma, optar por um sistema que tenha melhor custo-benefício de acordo com a sua necessidade. Por exemplo, o pivô central é um sistema excelente, mas não é viável em propriedades menores devido ao alto investimento inicial.

Irrigação noturna

Uma das formas de diminuir até 80% dos gastos é fazendo a irrigação à noite. Das 21h30 às 6h é o melhor horário para realização, visto que a evaporação e transpiração das plantas é menor, portanto, a quantidade de água que será usada também é reduzida. 

Além disso, é possível verificar com a companhia de energia elétrica da sua região sobre a possibilidade de haver descontos na cobrança e aparelhagem específica para medição. No intervalo apontado, costuma-se ter consumo de energia inferior do que ao longo do dia, o que pode ser benéfico para tarifas mais baixas.

Irrigação inteligente

A irrigação inteligente é uma forma de ter uma agricultura mais produtiva. Com isso, o consumo energético e de água serão menores, bem como os problemas oriundos de um mau gerenciamento. Quando se despreza o uso inteligente da irrigação, uma série de agravantes podem atingir as culturas, ocorrer solubilização dos componentes do solo e, ainda, aplicar um volume de água errado.

O avanço da tecnologia no campo proporciona otimização e inteligência na tomada de decisões. Hoje, para reduzir custos na irrigação, um dos métodos mais conhecidos é a irrigação inteligente. Consiste em um conjunto de equipamentos que analisa os aspectos do solo, propriedade de cada cultura e a situação climática, combinando e interpretando esses fatores, de forma digital, para você ter instruções corretas na palma da mão com seu smartphone ou computador. Assim, não haverá desperdício de água e energia.

Manejo correto

Manter os cuidados com a terra e saber quais são as particularidades da plantação consiste em uma forma de diminuir os gastos. Quando isso não é seguido, erros e consertos demandarão mais esforços. 

Coloque em prática as dicas para reduzir custos na irrigação apresentadas, combine-as e economize. Conheça o Curso de Manejo de Sistemas de Irrigação e aperfeiçoe ainda mais as técnicas e tenha maior lucratividade e produtividade em sua propriedade.

Fontes: Grupo Cultivar; Agrosmart; Metos; Irrigat.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados