Sarna demodécica em cães

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A sarna demodécica é uma moléstia que acomete os cães, e é causada por uma espécie de acaro, o Demodex canis organismos microscópicos, que pode ser observados pelo uso do Microscópio Digital Portátil de fácil uso e manuseio.

Nos primeiros dias de vida os filhotes são contaminados com os ácaros presentes no corpo da mãe pelas sarnas, e são considerados normais na fauna quando o número é baixo. As doenças causadas pelo acaro ocorrerá quando o sistema imunológico estiver baixo e os números subam de controle.

A ocorrência da moléstia pode acontecer de forma generalizada ou localizada, sendo possível o diagnóstico retirando múltiplas escamas de pele e procurando por ácaros, a sarna é facilmente encontrada.

 A sarna demodécica localizada é ocorrente em cães com menos de um ano de idade, a pele fica parecida com micose e o animal perde pelo ao redor das pálpebras, lábios e cantos da boca e raramente na região do tronco, pernas e patas. Alguns animais a sarna pode ocasionar vermelhidão da pele com escamas e infecções.

Já na sarna demodécica generalizada geralmente se desenvolve a partir da complicação da sarna localizada, podendo também acomete os cães mais velhos, acontece a perca de pelos da cabeça, pernas e tronco, há a formação de feridas e crostas.

Em caso de diagnóstico positivo a sarna demodécica localizada pode ser tratada com o uso de pomada tópica contendo gel Peroxido de Benzoíla. A sarna demodécica é tratada com o uso de xampu e deve ser acompanhado diretamente pelo médico veterinário.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados