Sinal verde do Chile às carnes suína e de frango

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O governo do Chile anunciou a reabertura formal do mercado do país para as carnes suína e de frango produzidas por frigoríficos brasileiros. Pelo acordo, foram habilitadas 12 plantas exportadoras de frango e duas de suínos de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Os chilenos ainda estudam pedido brasileiro para a habilitação de estabelecimentos de carne bovina de 11 estados reconhecidos como livres de febre aftosa. Os exportadores brasileiros de frango estimam vender até 40 mil toneladas de diversos cortes ao mercado chileno. E esperam a extensão da autorização para outras seis empresas de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. "Há um clima muito favorável aos negócios aqui", diz Francisco Turra, presidente da Abef (Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frango). Os chilenos têm reivindicado investimentos de empresas brasileiras para processar e industrializar a carne lá.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados