Suspeita de Mormo na Cavalaria da PM de Minas Gerais

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Por suspeita de contaminação por mormo o Regimento de Cavalaria da Polícia Militar de Belo Horizonte foi interditado. O fechamento é preventivo e será mantido até o resultado dos exames realizados nos animais.A suspeita veio através de denuncia anônima ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)

A explicação é a hospedagem da equipe de equitação do Distrito Federal em Belo Horizonte a caminho de uma competição no Espírito Santo eles ficaram na capital por 18 horas, na ida e na volta, mas todos os exames apresentados por esses animais deram negativo.

No retorno dos animais veio à informação que houve dois casos de animais contaminados por mormo no Espírito Santo, adquiridos no Nordeste, onde a doença é endêmica e durante a competição, um dos animais doentes estava na cidade de Serra e o outro em Cariacica. Em contato com Brasília os exames foram refeitos e novamente o laudo foi negativo.

A interdição do local foi feita para se realizar a análise e técnicos do IMA estiveram no regimento, para comunicarem a notificação e colheram sangue de todos os animais do regimento. A expectativa é de que os resultados fiquem prontos até o final da próxima semana. Segundo informações da Corporação a denúncia pode ser caluniosa, já que nenhum animal apresentou sintomas da doença.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 27 de maio de 2013

Artigos Relacionados