Vaginite canina: Confira detalhes sobre o diagnóstico, tratamento e prevenção

  •   
  •   
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

A vaginite canina é uma inflamação da vagina, que acontece em cadelas sexualmente intactas ou castradas. Portanto, a enfermidade, pode acometer animais de qualquer raça, idade e durante qualquer fase do ciclo reprodutivo.

A doença não é tão comum, em consequência do baixo pH e imunidade da mucosa do animal. Assim, pode ser resultado de infecções virais ou bacterianas, causada principalmente por agentes inespecíficos e oportunistas.

Outras origens da vaginite canina, se associam à imaturidade no trato reprodutivo, estimulação androgênica, irritação química ou mecânica e anormalidades anatômicas da vagina.

 

Como é realizado o diagnóstico?

O diagnóstico da vaginite canina é concedido à partir do histórico clínico e da realização do exame físico. A enfermidade é realmente constatada, quando encontra-se hiperemia da mucosa, corrimento vulvar mucoide, mucopurulento ou purulento. Dessa forma. para um diagnóstico mais preciso, também são utilizados alguns exames de citologia vaginal e a vaginoscopia.

 

Tratamento da vaginite canina

Antes da definição do tratamento mais adequado, o médico veterinário, deve primeiro descobrir a causa da vaginite canina. Se a doença estiver ligada à anormalidades anatômicas, por exemplo, a administração de medicamentos com ação antibióticas, associados à limpeza no local são o tratamento mais eficaz para a cura do paciente.

 

Prevenção

Assim como em todas as doenças, é possível realizar a prevenção da vaginite canina. Medidas simples como uma alimentação equilibrada, higiene constante, vacinação em dia e acasalamento somente com machos saudáveis, ajudam a prevenir a enfermidade.

 

Quer saber mais sobre doenças no sistema reprodutor de pets? Dê uma olhadinha nesse artigo que separamos para você: Entenda a Hiperplasia e Prolapso vaginal em cadelas

Gostou desse artigo? Separamos mais informações de como identificar, essa e outras doenças, na clínica de pequenos animais? Veja essa dica de sucesso:

Realização e Interpretação de Exames Laboratoriais: Parasitológicos de Pele e Fezes, Uroanálises e Citologias básicas

Fonte: Universidade Federal Ubá

 

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Pequenos Animais

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados