Vantagens da transferência de embriões em bovinos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Com o aumento das exigências mundiais a pecuária bovina tende a sofrer adaptações, buscando o aumento da eficiência reprodutiva e produtiva dos animais em áreas cada vez menores. As biotécnicas de reprodução animal tem contribuído para a produção de animais com genótipos superiores e com eficiência produtiva acentuada.

Assim, a transferência de embriões (TE) tornou-se importante instrumento a fim de acelerar o melhoramento genético em rebanhos de valor alto com menos intervalo entre as gerações, facilitando as observações comparativas entre os produtos dos diferentes acasalamentos, levando a rápida seleção dos animais mais produtivos.

O Brasil é um grande produtor de TE e a principal vantagem do uso desta biotecnologia é o aumento do número de descendentes de animais geneticamente superiores, pelo método convencional uma vaca produziria apenas um bezerro por ano. A TE possibilita a geração de 50 a 150 filhotes por ano, usando várias receptoras. Como consequência, o produtor se beneficia com a venda por um bom valor de animais destinados à reprodução.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 25 de fevereiro de 2013

Artigos Relacionados