Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Sintomas da adenite equina ou garrotilho

A doença é conhecida popularmente como garrotilho, causada pela bactéria Streptococcusequisubsp. equi é contagiosa causando inflamação mucopurulenta no trato respiratório anterior, podendo levar à morte.

A transmissão da doença ocorre de maneira direta entre os cavalos que estão incubando a doença, que apresentam sintomas, mas estão em recuperação e de forma indireta (fômites). Operíodo de incubação da bactéria é de três a catorze dias.

A bactéria se fixa nas células epiteliais da mucosa nasal e oral, envolvendo as mucosas nasofaríngeas, o que levaa uma faringite aguda e rinite. Quando o organismo do equino não tem condições de impedir o processo inflamatório, a bactéria envolve a mucosa e o tecido linfático faríngeo. Com a evolução da doença há a formação de abscessos, e após sete a catorze dias, fistulam e são drenados, havendo assim a liberação do pus que possui várias bactérias que contaminam o ambiente.

Os sintomas da doença são processo infeccioso generalizado; secreção nasal serosa, mucopurulenta e purulenta; tosse produtiva; dor à palpação da região mandibular; linfadenopatia.

O desenvolvimento da doença pode acarretar complicações como: garrotilho bastardo onde a bactéria atinge outros linfonodos do organismo, causando abcessos em outras regiões como pulmões, mesentério, fígado, baço, rins e no cérebro, havendo a ruptura, causa uma infecção generalizada podendo levar o cavalo à morte; púrpura hemorrágica se caracteriza pela vasculite aguda imuno-mediana, geralmente acomete animais convalescentes do garrotilho; empiema das bolsas guturais que pode acometer os animais durante o curso clínico da doença ou no período de convalescência da adenite equina; pneumonia aspirativa.

O diagnóstico da doença pode ser dado a partir da observância do quadro clínico e do isolamento da bactéria através da secreção nasal ou do material retirado dos abcessos. Após o diagnóstico, o tratamento é realizado com base no estágio de evolução da doença, indicados por profissionais capacitados.

 

Fonte: Info Escola

Data: 06/09/2013

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro