Pecuária no Brasil: fatores que demonstram a importância da atividade

  •   
  • 9
  •  
  •  
  •  
A pecuária no brasil é um dos principais pilares econômicos. Veja os fatores que demonstram a enorme importância da atividade para o país.

A pecuária no brasil é um dos principais pilares econômicos. Aliás, nosso país está entre os principais produtores de carne bovina do mundo, atingindo mais de 70 milhões de toneladas produzidas no ano de 2018. Com um rebanho maior que 209 milhões de cabeças de gado, a atividade representa hoje parte considerável do PIB do país. Sem dúvida, a agropecuária brasileira, dona de grande parte do mercado consumidor interno, tem crescido muito nesses últimos anos.

Quer aumentar o lucro com a produção de gado de corte? Clique aqui e confira um manual com tudo que você precisa saber sobre manejo nutricional!

Neste artigo, vamos explicar o que é pecuária e ainda apontar motivos para ter tanta relevância no cenário nacional. Confira!

O que é pecuária?

Resumidamente, a prática consiste na criação de gado, seja bovino, suíno, ovinos ou equinos. Além disso, faz-se importante destacar sua relação com as agroindústrias, já que está diretamente relacionada à produção de laticínios e carnes para frigoríficos, por exemplo. Hoje, a criação de gado bovino é a atividade pecuária mais difundida, devido a sua utilidade ao homem, sobretudo com o fornecimento do meio de transporte, alimento, força de trabalho e couro.

No Brasil, podemos encontrar variadas espécies de gado de corte, São categorizadas pela avaliação de determinadas características, como fertilidade, origem, adaptação e peso. Assim, as espécies mais comuns criadas no país são:

– Nelore

– Angus

– Brahman

– Brangus

– Tabapuã

Além do gado de corte, o gado de leite também representa parte importante da pecuária no Brasil. As principais espécies criadas são:

– Holandesa

– Girolando

– Jersey

– Zebu Leiteiras

– Pardo Suíço

Conheça 5 motivos que comprovam a importância do setor

A pecuária no Brasil hoje representa uma enorme relevância. Dentre as principais razões para tal, destacam-se 5 fatores:

#1 O Brasil tem o maior rebanho bovino do mundo

#2 As exportações de carne representam um ganho estimado de 6 bilhões de reais

#3 Somos o segundo maior país exportador de carne no mundo

#4 Possuímos um parque industrial com capacidade de abate de quase 200 mil bovinos por dia

#5 A atividade emprega cerca de 1,6 milhões de pessoas

Outros motivos como o menor custo de produção em relação aos outros países e a melhor qualidade do produto oferecidos também contribuem para a ampliação do setor. Então, confira mais sobre esse assunto no próximo tópico!

Modernização da criação de gado para pecuária

Produtores e donos de propriedades rurais começaram a investir em tecnologia e a enxergar a fazenda como uma empresa lucrativa. Assim, a pecuária bovina brasileira sofreu uma modernização, sustentada, principalmente, pelos avanços tecnológicos dos sistemas de produção.

Tal modernização refletiu na qualidade da carne bovina, uma vez que, atualmente, já não se alimenta o gado somente com capim. Certamente, as pastagens, por melhores que sejam, não são suficientes. Por isso, a suplementação tem feito parte da nutrição do rebanho, oferecendo uma variedade de minerais e proteínas.

Melhoramento genético na pecuária

Um dos principais fatores do crescimento da pecuária nacional está diretamente ligado ao melhoramento genético. Inegavelmente, as técnicas de reprodução bovina ajudaram nesse crescimento. Portanto, com elas, é possível a introdução dos animais superiores no rebanho. Assim, com os avanços na área, as diferentes técnicas utilizadas fazem a diferença na pecuária brasileira. 

Confira um pouco mais sobre cada uma das principais biotécnicas reprodutivas! 

 Inseminação artificial em tempo fixo

A inseminação artificial em tempo fixo (IATF) consiste em sincronizar a ovulação das fêmeas, que acaba por promover uma elevação nos níveis reprodutivos, a diminuição entre os intervalos dos partos e uma melhor organização dos processos de inseminação.  Dentre as principais vantagens dessa técnica, destaca-se a elevação do peso do bovino em época de desmame e o direcionamento dos partos para determinadas estações. 

Aspiração folicular 

Essa prática tem por objetivo a retirada de óvulos imaturos das fêmeas, geralmente com o intuito de prepará-los para a fertilização in vitro. Essa técnica é considerada vantajosa por permitir um maior aproveitamento das fêmeas, já que pode ser ser aplicada a animais de fases pré-púberes até a gestação. 

 Transferência de embriões

A transferência de embriões ocorre das fêmeas doadoras às chamadas de receptoras. Para isso, as selecionadas para doação devem estar em bom estado de saúde e apresentar boas características reprodutivas. O procedimento consiste na superovulação e inseminação da vaca selecionada. Assim, após a coleta e avaliação dos embriões, a fêmea receptora é preparada para a transferência.  

Vantagens do melhoramento genético

O melhoramento genético do gado, com técnicas de seleção de reprodutores, propiciam:

– Alcançar maior ganho de peso

– Melhorar o desempenho

– Habilidade materna

– Qualidade da carne

– Atingir a precocidade sexual mais cedo

Se você gostou desse assunto, temos uma boa notícia para você! Separamos uma lista com tudo que você precisa saber para ganhar dinheiro com Gado de Corte. Confira:

Fontes: Revista Agropecuária, Embrapa, Mundo Educação, Geraembryo

  • 9
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados