Inseminação em Éguas: a Biotecnologia do “Sucesso” e suas Vantagens (Aqui listamos 9 delas pra você)

  •   
  •   
  • 1.6K
  •  
  •  
  •  
  •  

 

A Inseminação em Éguas é uma das biotecnologias mais utilizadas na reprodução equina e vem ganhando destaque no quesito melhoramento genético animal.

Essa técnica vem sendo aplicada em diversas propriedades que visam qualidade e potencial dos animais frente ao mercado. E você não pode deixar de se inteirar sobre o assunto, não é mesmo?

Por isso, continue com a gente e confira mais um pouco sobre essa técnica.

Como funciona a inseminação em éguas?

A inseminação em éguas consiste na introdução artificial do sêmen de um garanhão no trato reprodutor de uma égua, visando uma gestação. Essa técnica permite obter vários potros de um só garanhão a partir de um só ejaculado, de forma a poder inseminar um número maior de éguas ao mesmo tempo. Após as éguas terem recebido a dose de sêmen, faz-se um acompanhamento das mesmas, verificando assim o desenvolvimento do embrião.

A importância da IA na reprodução equina

Por ser uma biotecnologia, a inseminação em éguas é de grande relevância para garantir o aproveitamento de equinos de grande potencial genético.

Com o uso desta técnica, é possível obter produtos de um garanhão mesmo que este não tenha disponibilidade de ser utilizado na monta natural, desde que o motivo não atrapalhe a produção espermática. Um exemplo simples e muito comum que impossibilita o processo de monta natural é a distância física entre o garanhão e a doadora escolhidos. A utilização da IA torna este cruzamento possível mesmo à distância.

A Inseminação Artificial permite ainda que os animais cruzados não se exponham a doenças venéreas. Sabemos que cada ejaculado de um garanhão possui quantidade de espermatozoides suficiente para fecundar muitos óvulos e na monta natural há um “desperdício” de material genético.

Por este motivo, a IA torna-se ainda mais importante já que divide o volume ejaculado em doses que serão utilizadas não em apenas uma, mas em diversas doadoras. É fácil perceber que as vantagens são inúmeras e todas elas são fortes aliadas do melhoramento genético, afinal quem não quer aumentar a produção de potros e consequentemente, aumentar a sua rentabilidade?

Tipos de sêmen na inseminação artificial em éguas

– Inseminação com sêmen fresco: após a coleta utiliza-se o sêmen normalmente acrescido de diluentes apropriados em um período de 30 minutos até duas horas.

– Inseminação com sêmen resfriado: mantido a uma temperatura de aproximadamente 5°C, o sêmen resfriado pode ser utilizado em um período de até 48 horas após ser coletado. Se o período for ultrapassado a capacidade fecundante do sêmen consequentemente será diminuída.

– Inseminação com sêmen congelado: essa técnica possibilita a utilização do sêmen por vários anos. Sua conservação é feita em tanques de nitrogênio liquido a uma temperatura de aproximadamente -196°C.

Fatores que contribuem para o sucesso da inseminação artificial

1°- Éguas(doadoras e receptoras): idade, escore corporal, histórico reprodutivo e fertilidade são fatores essenciais para o sucesso.

2°- Fertilidade do sêmen: examinar certas características do sêmen fresco, resfriado e congelado e a sua relação com a fertilidade.

3°- Perícia do inseminador e previsão da ovulação: alguns empecilhos podem ser encontrados, por isso a necessidade dos dois fatores acima citados estarem em completa formalidade.

Vantagens da inseminação em éguas

1 – Larga expansão de reprodutores superiores, de grande valor genético;

2 – O rebanho ganha em melhoramento e desempenho da potencialidade;

3 – Acelera o processo de melhoramento genético das raças;

4 – Maiores índices de fertilidade, por ter um garanhão de alto valor zootécnico;

5 – Reduz o risco de disseminação de doenças sexualmente transmissíveis;

6 – Permite a identificação de problemas reprodutivos;

7 – Permite o uso de éguas impossibilitadas para a monta natural;

8 – Permite o uso de sêmen de reprodutores incapacitados para a monta natural;

9 – Pode-se utilizar o sêmen congelado de reprodutores que se encontram distantes, ou até mesmo já mortos, preservando boas linhagens.

A utilização dessa técnica requer cuidados, conhecimentos específicos e equipamentos adequados, além de contar com uma equipe de inseminadores de centros de reprodução autorizados.

Se você quer se tornar um profissional indispensável e com ampla área de atuação, capacite-se e realize com sucesso a inseminação artificial em éguas. Comece agora mesmo a alavancar o seu sucesso:

Inseminação Artificial, Coleta, Avaliação e Criopreservação de Sêmen em Garanhões

Ah! Já ia me esquecendo. Você também não pode deixar de conferir nosso e-book:

Descubra o Segredo do Sucesso na Reprodução Equina

Com esse conteúdo você irá enriquecer seu conhecimento de forma rápida e simples sobre o assunto. Boa leitura!

Fonte: Apostila CPT Cursos Presenciais

  • 1.6K
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  

Artigos Relacionados