Cuidado com a saúde dos cavalos: Um guia em 5 passos simples

  •   
  • 925
  •  
  •  
  •  
Saúde dos cavalos

O cuidado com a saúde dos cavalos envolve diversos procedimentos que contribuem diretamente para que eles tenham melhora no desempenho de suas funções. No entanto, não há uma regra exata para mantê-los saudáveis. É preciso ficar atento às necessidades básicas, como por exemplo exercícios, fornecimento de uma alimentação balanceada, e em cuidados no que diz respeito a limpeza e higienização.

Somado a isso, também é extremamente importante a vigilância e a capacidade de acolhimento do animal caso algum acidente ocorra. Saber lidar com a situação vai garantir o máximo conforto e bem-estar do animal.

Se você já cria ou quer criar equinos, mas ainda não sabe quais os cuidados que precisa ter com eles, leia esse artigo até o final. Aqui, vamos te dar todas as dicas que você precisa para manter a saúde dos cavalos em dia. Vamos lá?

1. A saúde dos cavalos também começa pela boca

As desordens orais são responsáveis por pelo menos cerca de 10% dos atendimentos em equinos. Devido ao confinamento eles não desgastam seus dentes da mesma maneira que os cavalos que pastam continuamente.

Os animais confinados possuem uma alimentação baseada em grãos processados e fenos, considerada mais macia. Dessa forma, esse tipo de dieta requer uma menor mastigação por parte dos equinos. Ou seja, essa falta de mastigação faz com que os dentes sejam gastos de uma forma inadequada ou até mesmo permaneça mais longo do que o ideal.

Além da cólica equina, diversos problemas de saúde também podem ser ocasionados devido aos distúrbios orais. Por exemplo:

  • perda de peso;
  • descarga nasal;
  • aumento da agressividade;
  • acúmulo de alimento na boca;
  • dificuldades de mastigar o alimento;
  • aumento de volume na face e mandíbula.

É importante que você saiba que a manutenção dentária adequada além de manter a saúde dos cavalos em dia fará com que os animais respondam melhor aos seus comandos na hora de montar. O que vai facilitar muito sua condução. Sendo assim, é necessário que um médico veterinário capacitado faça uma avaliação periódica dos dentes do equino.

Realizar um bom acompanhamento odontológico vai promover ao animal melhorias quanto aos aspectos, mental, físico e atlético. Ainda mais, o cavalo que tem a saúde bucal bem cuidada estará em plenitude para o desenvolvimento de todo o seu potencial.

2. Alimentação ideal para o cavalo

A alimentação do cavalo deve seguir algumas regras gerais. Algumas delas são: administrar pequenas porções várias vezes ao dia, ter sempre água limpa e fresca à disposição e manter as proporções corretas dos nutrientes. Além disso, os volumosos e concentrados podem ser enriquecidos com vitaminas, proteínas e outros componentes necessários para seu bom desenvolvimento.

Oferecer ao cavalo uma alimentação balanceada com feno, grãos, sais, minerais e aveia é essencial para manter o seu peso adequado, com crescimento saudável. Além disso, também fornece energia para as funções básicas de seu organismo.

Mas, muitos produtores questionam qual é a melhor ração para seu plantel. A verdade é que a melhor ração é aquela que atende todas exigências nutricionais do cavalo, em suas mais variadas atividades e fases. Sem deixar de lado o menor custo para o fornecimento dessa boa alimentação.

Cada cavalo tem exigências nutricionais bem diferentes, que variam com sua idade, seu peso e com a sua atividade desenvolvida. Por isso, não há uma ração padronizada e não se pode fornecer a mesma dieta para todos os cavalos. E sim, aprender a identificar a necessidade do seu animal.

3. Cuidado com os pelos e patas do animal

Somente fornecer uma alimentação balanceada não é o suficiente para manter a saúde dos cavalos em dia. Outros pontos são tão importantes quanto. Por exemplo, as patas merecem atenção redobrada pois, são responsáveis por sustentar todo o peso do animal e precisam estar protegidas.

Já os cascos precisam estar impecáveis e em excelente forma para evitar calos e infecções que possam causar problemas na hora da locomoção do animal.

E não podemos deixar de lado os procedimentos básicos e essenciais para que o pelo do animal esteja em boas condições de higiene e beleza. Este é um requisito fundamental para cavalos de exposições ou competições.

Então, em primeiro lugar, é necessário escolher um local arejado e com claridade para cuidar do cavalo. Aliás, é neste momento que a relação de confiança entre o cuidador e o animal vai se estreitar.

A escovação é uma das aliadas para que o pelo seja renovado e fique sempre brilhante. É recomendado que ela seja feita com uma escova dura, principalmente após a cavalgada. Pois, por ser parecida com uma massagem pode ajudar a aliviar a tensão do animal, além de retirar a sujeira.

Sem dúvidas, o cuidado com a higiene é um dos passos para promover a saúde dos cavalos, afastando-o de doenças e deixá-lo mais bonito.

4. Cuidados com as baias

O local onde os cavalos ficam também precisa de cuidado para que proporcione melhores condições e conforto aos animais. Nesse sentido, as baias cumprem um papel de mais do que gerar o descanso, também protegê-lo de situações climáticas (sol, chuva) e promoção de seu bem estar.

A baia é então, a casa do cavalo. Portanto precisa ser limpa e ter um local seco e apropriado para o seu descanso. Podemos dizer que, basicamente, as acomodações para os equinos se dividem em:

  • Corrente
  • Estábulos livres
  • Restritos em compartimentos (baias)

Elas devem proporcionar a modesta movimentação do animal e ter vantagens para os cavalos que não são movimentados regularmente ou de maneira insuficientes. Quanto a orientação de suas dimensões vai depender do tamanho e a utilização do animal.

Quer saber mais sobre este assunto? Confira este artigo: Baia para Cavalo: Conheça os tipos e tamanhos

5. Mantenha a vacinação em dia

Por fim, não adianta seguir todos os passos anteriores se a vacinação não estiver em dia. De certo, a maior parte das enfermidades pode ser evitada se o programa de vacinas for seguido à risca. Dessa forma, o veterinário precisa ser consultado para planejar esse cronograma.

Os cavalos devem ser imunizados contra influenza, tétano, raiva, encefalomielite e outras doenças. Mas, para realizar a vacinação é preciso que os animais estejam livres de parasitas. Sendo assim, a vermifugação também é fundamental para a sua saúde.

Agora você já conhece os principais cuidados que deve ter com seus animais, é fundamental segui-los para manter a saúde dos cavalos em dia. Com essas dicas práticas, você favorece o bem-estar deles, garantindo um desempenho físico adequado e uma boa qualidade de vida.

Mas, não poderíamos deixar passar que vários problemas com seu rebanho equino podem ser evitados de maneira simples e rápida, caso você esteja preparado, não é mesmo? As primeiras ações após um acidente são cruciais para salvar a vida do animal, impedir complicações de lesões e evitar gastos desnecessários. Por isso é importante saber como agir em casos de emergências.

Quer estar preparado para fornecer todos os cuidados com a saúde dos cavalos? Confira essa dica especial:

Curso Profissionalizante de Criador de Cavalos

Fontes: Meus Animais e Vedovati Pisos

  • 925
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  
Equinos

Atualizado em: 28 de abril de 2020

Artigos Relacionados