Evapotranspiração: a importância de entender esse conceito na irrigação

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
Evapotranspiração

O processo de evaporação da água do solo junto à transpiração das plantas forma a evapotranspiração. Essa fase compõe o ciclo da água e atua de formas diferentes conforme a temperatura e a formação da vegetação da região.

Importante para o sistema de irrigação, manutenção da natureza e produtividade, neste texto, apresentamos como ocorre a evapotranspiração e sua importância agrícola. Desse modo, você consegue tomar decisões precisas e evitar prejuízos em sua propriedade.

Como acontece a evapotranspiração?

Primeiramente, é importante entender a evapotranspiração, processo que une evaporação e transpiração. Trata-se do processo de retorno da água para a atmosfera em forma gasosa.

A evaporação consiste na transformação da água na superfície em estado líquido para vapor. A transpiração acontece pelas folhas, nas quais a água absorvida pelas raízes no solo, é exalada por microestruturas chamadas estômatos. Importante destacar que, para a vegetação, a transpiração é essencial para regulação térmica e transporte de nutrientes da seiva bruta. 

A união dos dois processos (evaporação e transpiração) formam a eliminação de água para o ar. Contudo, a realização da evapotranspiração exige a presença de água no solo e o estágio de crescimento das culturas. 

Na agricultura, é representado pelo consumo de água de uma cultura cuja medição é expressa por milímetros diários. Dessa forma, o vapor de água pode condensar e formar nuvens, consequentemente, atua no equilíbrio pluviométrico, na umidade do ar e diretamente importante para a produção de culturas. 

Por exemplo, na região amazônica, o fenômeno ocorre intensamente. Com o bioma rico em plantas que formam uma densa floresta, aliado às altas temperaturas e solo com matéria orgânica, a evapotranspiração acontece em abundância, o que garante a formação de chuvas constantes no local, assim como para todo o país. Por isso, é fundamental a preservação da Amazônia e dos ecossistemas.

Formas

Há cinco formas principais de ocorrência da evapotranspiração:

  • potencial
  • referência
  • real ou atual
  • cultura
  • real da cultura

O primeiro tipo se refere ao total de água eliminado para a atmosfera em um espaço cuja vegetação seja natural e completamente coberta por plantas de pequeno porte. Logo, seria uma medida para saber a máxima evapotranspiração se naquele local tivesse toda a quantidade de água necessária para sua manutenção em condições naturais.

Já a evapotranspiração de referência consiste na medição da perda de água no solo com grama. É considerado grama, vegetação entre 0,08 e 0,15 m. Essa forma inclui solo coberto pela vegetação e com quantidade regular de água para o crescimento.

Evapotranspiração real ou atual, como a classificação demarca, é a quantidade de água realmente enviada para a atmosfera por meio da transpiração das plantas e evaporação do solo. Assim, envolve condições do solo e atmosféricas. O índice precisa estar igualado ou inferior ao potencial.

O processo classificado como cultura é o estágio de desenvolvimento da plantação em boas condições. Para calculá-la, deve-se multiplicar a evapotranspiração de referência pelo coeficiente da cultura, índice que oscila entre as áreas foliares. Vale salientar que os critérios para determinação não têm restrição e são de extensa área de bordadura.

A evapotranspiração da real da cultura, por sua vez, diz respeito à situação real de uma cultura, seja com ou sem água. Sua diferença com a anterior é apenas a ausência de bordadura.

Importância da evapotranspiração para a agricultura

Conhecer as principais formas de evapotranspiração é essencial para o manejo de irrigação correto na agricultura. Ao estimar a quantidade de água que cada cultura necessita, a evapotranspiração oferece possibilidades de adequação do sistema de manejo da propriedade, melhor uso do solo e diminuição de danos ao meio ambiente.

Quer conhecer mais sobre a evapotranspiração e os processos de irrigação fundamentais para o plantio? Baixe o e-book Guia técnico de Irrigação e saiba tudo sobre o manejo correto, como montar um sistema irrigatório, a influência do solo e muito mais. 

Fontes: Revista Agropecuária; Agropos; Aegro; Brasil Escola; Mundo Educação.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados