Irrigação por gotejamento: entenda os seus benefícios

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A irrigação por gotejamento é uma das técnicas que são fundamentais na agropecuária brasileira, principalmente em regiões que há irregularidades ou baixa ocorrência de chuvas. Portanto, existem hoje, diversas formas de irrigação disponíveis, dentre elas a irrigação por gotejamento. Ela é conhecida por aumentar a eficiência da produção e contribuir para a preservação do meio ambiente.

Primeiramente, o método de irrigação por gotejamento tem como sua principal característica a economia dos recursos hídricos. Com essa técnica, o desperdício de água por evaporação é reduzido, pois é depositada nas raízes das plantas, aumentando o aproveitamento de nutrientes e água.

Se você está interessado em entender quais os pontos positivos e negativos desse modelo e como implementar a irrigação por gotejamento esse artigo é para você! Confira mais detalhes a seguir! 

O que é irrigação por gotejamento e como ela funciona?

Irrigação por gotejamento

A irrigação por gotejamento é um método utilizado para aplicar gotas de água diretamente na raiz da planta. Assim, ela é feita por meio de gotejadores que ficam dispostos por toda extensão do sistema.

A escassez hídrica se tornou um problema para a agricultura, sendo necessário entender e buscar soluções para irrigar a terra. Então, a irrigação por gotejamento é considerada um dos melhores recursos para esse problema. 

Ela possui uma eficiência de aproximadamente 90% e dependendo da forma que for implementada e da cultura escolhida, a capacidade de produção pode aumentar em até 2 vezes.

Como implementar a irrigação por gotejamento?

O método de irrigação por gotejamento pode ser executado de duas formas: por equipamento enterrado que libera a água, ou por gotejamento na superfície do solo. Nos dois casos a emissão é feita em alta frequência e em baixa intensidade.

A quantidade de gotejadores vai variar e depender das características da cultura escolhida e do solo. Sendo assim, a terra, nesse tipo de estrutura, é quem vai ser responsável por distribuir a água pelas raízes das plantas.

Em solos macios é indicado que tenha um pequeno espaço entre os furos, podendo 1 gotejador ser o bastante para cada planta. Entretanto, em solos mais duros o espaço entre o gotejadores deve ser maior.

Características do solo

Em solos mais difíceis a eficiência é maior, pois os sistemas de gotejamento são indicados para solos pesados, que tem taxas baixas de infiltração. Nesses casos,  a água deve ser aplicada com um fluxo baixo, permitindo que o solo absorva e reduza o escorrimento superficial.

Os solos arenosos que não tem a capacidade de armazenar umidade, também podem ter a irrigação por gotejamento, uma vez que a irrigação deve ser mais frequente. 

Custos da implementação por gotejamento

Em virtude do custo dos equipamentos a maior dificuldade será na implementação e na manutenção do sistema que é um pouco complicada. A quantidade de peças que são necessárias para implementar o sistema por gotejamento vai depender de: 

  •  capital disponível para o investimento;
  •  do tipo de cultura; 
  •  do tamanho da lavoura.

A complexidade desse método pode variar, mas normalmente o seu sistema é composto de mangueiras próprias para gotejamento, gotejadores, conectores para a mangueira e válvulas para controle de pressão.

Tipo de Planta

O uso de gotejamento é mais frequente em culturas que se mantém por um maior intervalo, ou seja, que não sofrem por uma rotação regularmente. 

Sendo assim, as principais culturas que adotam esse procedimento são as de hortaliças-fruto, fruticultura e floricultura.

Quer saber mais dicas para tornar a irrigação mais eficiente? Então, clique na imagem abaixo e assista essa super vídeo aula:

Quais são as vantagens da irrigação por gotejamento?

  • Economia de nutrientes e fertilizantes devido à proximidade da aplicação;
  • Diminui desperdício de água;
  • Reduz a proliferação de ervas daninhas que se beneficiam da aspersão de água;
  • É possível realizar a fertilização junto a irrigação, diluindo o fertilizante na água (fertirrigação);
  • Possibilita o uso de água reciclada e não potável, já que não há grande contato da água com o ar;
  • Previne doenças causadas pelo contato da água com as folhas da planta;
  • Não necessita de nivelamento do solo;
  • Evita formação de barro;
  • Uniformidade na distribuição de água, que pode ser controlada através dos gotejadores;
  • Baixo custo de mão-de-obra e de energia;
  • Elevada eficiência de aplicação, como a água é aplicada diretamente na raiz, ocorrem poucas perdas por evaporação;
  • Grande adaptação aos diferentes tipos de solo;
  • Mantém o solo uniformemente úmido e com oxigênio;
  • O vento e a declividade do terreno não limitam a irrigação.

Quais são as desvantagens da irrigação por gotejamento?

  • Maior custo inicial de implementação quando comparado a outros métodos;
  • Mangueiras expostas ao sol tem sua vida útil reduzida;
  • Necessita de água filtrada, para evitar entupimentos nos equipamentos;
  • No caso de equipamentos enterrados, a não visualização da quantidade de água pode fazer com que uma quantidade muito alta ou muito baixa seja aplicada;
  • Não permite aplicação de alguns químicos (especialmente aqueles que necessitam ser pulverizados);
  • Deve ser implementado com cuidado para evitar desperdícios ou variações na quantidade de água aplicada;
  • Bastante sensível ao entupimento dos orifícios de saída de água;
  • Diminuição da profundidade das raízes, devido à constante disponibilidade de água, isso pode diminuir a estabilidade da planta.

Características e benefícios do sistema

Esse sistema possibilita o uso racional da água e dos fertilizantes, diminuição significativa da mão de obra e do maquinário. Tem como característica um recurso de alta eficiência e precisão e é necessário mão de obra qualificadaa. Sendo que tudo isso corresponde uma produtividade ainda maior, com produtos de qualidade e maior rentabilidade do produtor.

Vale a pena lembrar que a escolha do sistema mais adequado para sua propriedade é aquele que traz mais resultados. Por isso, é essencial conhecer todos os fatores que influenciam na eficiência da irrigação.

Quer saber como ter um sistema de irrigação eficiente? Clique no banner abaixo e tenha um treinamento prático e individual com um dos melhores profissionais da área:

Cursos na área de irrigação

Fonte: Tecnologia do Campo, Netafim

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  

Artigos Relacionados