Vale a pena fazer uma pós-graduação em reprodução de bovinos?

  •   
  • 435
  •  
  •  
  •  

A pecuária tem ganhado cada vez mais destaque. Principalmente, impulsionada pelo título do Brasil de maior rebanho comercial do mundo. Agora, para se destacar nessa área é preciso mais do que simplesmente desejar. Esse mercado concorrido, sem dúvidas, demanda uma especialização aplicada, como uma pós em reprodução de bovinos.

Fazer uma pós-graduação em produção e reprodução de bovinos é um excelente caminho para quem almeja aprofundar seus conhecimentos e garantir boas oportunidades de trabalho. O mercado profissional está cada vez mais competitivos e a exigência de profissionais qualificados é uma realidade. Dessa forma, um curso de pós-graduação tem sido uma excelente escolha daqueles que querem evoluir no mercado de trabalho e sair na frente dos demais.

Nesse sentido, a produção e reprodução de bovinos, seja de corte ou de leite é uma área que tem ganhado grande destaque no mercado. Acontece que, por se tratar de um tema tão específico, ela requer profissionais extremamente capacitados. Então, se você faz parte desse time de interessados, continue lendo o post para conhecer melhor esse campo de atuação.

Quais as atribuições para quem trabalha com produção e reprodução de bovinos?

produção e reprodução de bovinos

O desafio maior de um médico veterinário que se dedica a produção e reprodução de bovinos é aumentar a eficiência reprodutiva. E para tal, precisa compreender a relação entre a nutrição do animal, sanidade, seleção genética e aplicação das biotécnicas reprodutivas. Sem dúvida, essas são as principais demandas que o profissional precisa dominar para ser um especialista.

Além disso, é importante ficar atento a outras medidas, como por exemplo:

  • Manejo adequado
  • Bem estar do animal
  • Constante capacitação

Já um outro ponto, que não podemos deixar de abordar, é que o médico veterinário com uma pós em reprodução de bovinos tem também como sua atribuição obter o nível máximo de aproveitamento genético do rebanho. Sobretudo, isso só é possível por meio de um bom planejamento e execução das biotécnicas.

Outra competência que faz parte de sua função é, além de pesar a reprodução, auxiliar na formulação de dietas e rações que trazem mais eficiência aos animais e geram menores custos aos produtores. Mesmo que muitos a negligenciem, a nutrição errada é um das causas mais predominantes do baixo desempenho reprodutivo dos rebanhos bovinos no Brasil.

Biotecnologias reprodutivas

Antes de decidir o momento ideal de submeter a uma vaca ao processo reprodutivo, é necessário conhecer suas exigências nutricionais no decorrer de seu ciclo de produção. Por falar em biotécnicas de reprodução, o médico veterinário deve ser capaz de indicar qual é o melhor momento de aplicar cada uma delas, de acordo com a situação da fazenda e do animal. Assim, será possível oferecer os melhores produtos para o mercado. Ou seja, o profissional com uma pós em reprodução de bovinos deve conhecer a fundo:

Além das biotécnicas de reprodução, este profissional deve estar apto a realizar o exame andrológico em bovinos, fundamental para a eficiência reprodutiva do rebanho e utilizado principalmente para a seleção dos touros reprodutores e o acompanhamento de seus desempenhos reprodutivos.

Além disso, precisa dominar a anatomia interna do animal para fazer um bom exame ginecológico em fêmeas. Desse modo, será capaz de reconhecer o melhor momento do ciclo estral, além de diagnosticar patologias reprodutivas.

Agora que você já sabe as atribuições do médico veterinário com especialização em reprodução de bovinos e também na parte de produção, deve estar se perguntando: O mercado realmente precisa desse profissional? Afinal, não adianta investir em algo que não se tem retorno! Continue lendo para saber um pouco mais sobre o assunto!

Vale a pena fazer uma pós em reprodução de bovinos?

A mudança nos padrões zootécnicos de produção impulsionou a necessidade de ter um especialista na área de produção e reprodução de bovinos. Isto é, grande parte dos sistemas seja de bovinos de corte ou de leite apresentam índices negativos de eficiência reprodutivas que prejudica consideravelmente a lucratividade do negócio dos produtores rurais.

Para reverter esse quadro é necessário o conhecimento para identificar suas causas e principalmente para estabelecer novas estratégias que sanem o problema, que nem sempre são visíveis. Entretanto, nem todo médico veterinário dispõe deste conhecimento.

Por exemplo, as vacas recém paridas têm uma queda em seu escore corporal, que impacta diretamente tanto na produção de leite quanto na reprodução. Um dos maiores desafios é reequilibrar o balanço energético negativo para que ela retorne o mais rápido possível ao cio para emprenhar o animal novamente. Para isto é necessário uma nutrição adequada. Em outras palavras, a quantidade de proteínas, minerais e vitaminas precisa estar equilibrados, afinal quando há suplementação em excesso não traz benefícios em termos de melhorias de eficiência reprodutiva.

Toda dieta precisa estar em equilíbrio para que se tenha uma eficiência. Se o profissional que está lidando com o animal não sabe disso, ele não consegue administrar uma dieta adequada que forneça nutrientes que atendam as necessidades nutricionais do animal, aceleram a produção de leite, desmama precoce do bezerro e até que minimizem os problemas de saúde do animal.

Viu só como o conhecimento é a chave para solucionar problemas encontrados na produção e reprodução de bovinos? E, nem sempre essa competência se adquire na graduação. Então, para te ajudar a traçar uma nova jornada na sua vida profissional a pós-graduação é parte essencial desta caminhada!

Ainda tem dúvida se faz ou não uma pós-graduação? Listamos 5 motivos para começar o seu curso agora mesmo. Acompanhe!

#5 Vantagens para fazer uma pós-graduação agora mesmo

#1 Reconhecimento Profissional

Você não será apenas mais médico veterinário, e sim um especialista no assunto. Pois, a graduação é um curso generalista que prepara o profissional para a carreira, mas não se aprofunda em nenhuma área de conhecimento. Já, uma pós-graduação em reprodução de bovinos de qualidade vai te trazer o conhecimento profundo de um determinado na área. Ainda mais, junto essa especialização chega a visibilidade, reconhecimento e credibilidade de empresas e colegas de profissão.

#2 Especialistas têm maior lucratividade

A pós em reprodução de bovinos pode abrir muitas portas para o profissional, pois quando se trata de um fator competitivo o especialista sai na frente de quem fez somente a graduação. Sem contar que um currículo mais valorizado tende a atrair salários maiores.

Uma boa o graduação e pós-graduação, impactam diretamente no salário de um profissional. Um currículo mais valorizado tende a atrair salários até 50% maiores. Por certo, um especialista pode negociar muito melhor a sua mão de obra. Afinal, é muito mais difícil encontrar uma força de trabalho especializada.

#3 Aumenta o networking

No mercado de trabalho muitas posições são preenchidas por indicações e na medicina veterinária não é diferente. Por isso, ampliar seu relacionamento com outras pessoas melhoram as chances de você ser recomendado, o que garante vantagem no processo de escolha do profissional.

Desse modo, fazer uma pós-graduação em reprodução de bovinos proporciona o aumentar e construir uma nova rede de contatos, networking, ampliando suas possibilidades no mercado de trabalho.

#4 Empregabilidade

Um profissional investe em aperfeiçoamento das competências e em uma especialização, vai aumentar suas condições de competência na hora de ser escolhido diante de outro, ou seja, aumenta a sua empregabilidade.
Então, investir em uma pós em reprodução de bovinos fortalece a apresentação de seu currículo e o torna mais competitivo. Sem dúvida, com a especialização você terá maior visibilidade e consequentemente maior possibilidade de conquistar a posição profissional almejada.

#5 Clientes preferem trabalhar com especialistas

Imagine se você fosse um produtor de bovinos. Qual profissional você contrataria para realizar o melhoramento genético do seu rebanho: um que seja altamente capacitado com pós-graduação e que domina as técnicas necessárias para um bom resultado, ou aquele que entende pouco do assunto e domina apenas alguns  métodos tradicionais que são passíveis de erro?

Pois é, quando se tem de fazer uma escolha, os clientes ficam mais confiantes para contratar os serviços de pessoas especializadas que conhecem muito daquele determinado assunto. Assim, o título de especialista atrai muita atenção no momento que o cliente está escolhendo o profissional que irá atendê-lo.

Agora que você, médico veterinário, já sabe a importância de realizar uma pós graduação o próximo passo é determinar em qual instituição de ensino deve cursá-la. Para te ajudar listamos algumas dicas, confira no próximo tópico!

Como escolher a instituição de pós-graduação?

A escolha da instituição para uma pós-graduação em produção e reprodução de bovinos deve ser pensada com cuidado. São muitas opções e, para te ajudar listamos algumas dicas:

  • Veja sua reputação no mercado de trabalho
  • Professores qualificados e com experiência na área
  • Procure por uma instituição relevante na sua área de atuação
  • Confira a estrutura da instituição (tem materiais e equipamentos) para aulas práticas

Depois de avaliar todos estes tópicos considere: quais instituições podem te oferecer a qualidade de aulas práticas com um treinamento individual?

Realmente, há pouco conteúdo prático, de qualidade e eficiente nas pós-graduações em medicina veterinária no Brasil.

Por isso, O CPT Cursos Presenciais criou um modelo de pós-graduação jamais visto no país! Um formato exclusivo que une treinamento prático e individual a aulas com especialistas na área que vão fazer de você um profissional reconhecido no mercado.

Então, se você quer:

  • Ser referência no mercado
  • Aumentar sua lucratividade
  • Tornar-se especialista em sua área de atuação

O CPT Presenciais – Cenva Pós-graduação é o seu lugar!

Conheça o cursos de pós-graduação em produção e reprodução de bovinos do CPT Presenciais – Cenva

Fontes: Revista Veterinária,  Embracon,  Catho e Aula on-line Reprodução Bovina

  • 435
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados